domingo, 27 de novembro de 2011

Bolero de croche em ponto leque

Fiz sem gráfico, pois é simples.

costuramos a largura  das costas, fazendo até a altura desejada. Depois divide-se deixando uma parte mais larga para a costas , e duas partes iguas para tecer  a frente. Depois junta-se a frente com as costas e faz o acabamento.


domingo, 20 de novembro de 2011

bolerinho em fio colorido





Amo fazer bolero, este é bem simples mas não tenho o grafico ,fiz de acordo com um video de vitória Quintal que ela chama   bolero de ponta cabeça"

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Customização de anáguas e bolerinhos em crochê


Encontrei estas idéias na revista Minuano

para quem não sabe o que é anágua,pois bem  é uma peça do vestuária feminino antiga , (tipo de saia de langerie com uma renda na barra) usada embaixo do vestido.

bolerinho



barra da anágua aparecendo abaixo do vestido



<><><><>
grafico do bolerinho


gráficos dos bicos (observe que tem três modelos em cores diferentes) da anágua










sábado, 12 de novembro de 2011

pelas andanças na net




encontreinas caminhadas pela net, não sei dizer de quem é ,pois  o idioma, não conheço e como estava aberto ao público copiei.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

A carpa aprende a crescer



A carpa japonesa (koi) tem a capacidade natural de crescer de acordo com o tamanho do seu ambiente. Assim, num pequeno tanque, ela geralmente não passa de cinco ou sete centímetros - mas pode atingir três vezes este tamanho, se colocada num lago.

Da mesma maneira, as pessoas têm a tendência de crescer de acordo com o ambiente que as cerca. Só que, neste caso, não estamos falando de características físicas, mas de desenvolvimento emocional, espiritual e intelectual.

Enquanto a carpa é obrigada, para seu próprio bem, a aceitar os limites do seu mundo, nós estamos livres para estabelecer as fronteiras de nossos sonhos. Se somos um peixe maior do que o tanque em que fomos criados, ao invés de nos adaptarmos a ele, devíamos buscar o oceano - mesmo que a adaptação inicial seja desconfortável e dolorosa.


...da sabedoria popular Japonesa

terça-feira, 8 de novembro de 2011

convivência entre os diferentes

olha que beleza de amizade.
fiquei emocionada de ver esta bela amizade, que é difícil entre humanos e a natureza nos dando exemplo de possiblidade de amar e conviver em harmonia, entre seres diferentes.

Muito bonita  a harmonia e o entendimento.
glória a Deus,

sábado, 5 de novembro de 2011

ViVENDO COM ARTE

Marcadores